domingo, 18 de abril de 2010

Poema tirado de um poema


...


Poço do Coração - Carrancas/MG

...


Um dia ele leu em um poema meu

“e a sede dos meus lábios já encontrou alívio nas minas do seu corpo...”

Nunca mais ele conseguiu gozar sem pensar na minha boca.

...


5 comentários:

  1. melhor q esse verso, só um excerto do "Cântico dos cânticos" ...

    ResponderExcluir
  2. Uau Márcia, tá podendo hein !! Arrasando corações !! =D

    ResponderExcluir
  3. Coisas do eu-lírico!!! Intertextualidade, polifonia... dá-lhe Bakhtin!

    ResponderExcluir